Rui Costa faz declaração deixando realização do Carnaval em aberto para 2022

Rui Costa faz declaração deixando realização do Carnaval em aberto para  2022

Organizadora da festa, a prefeitura de Salvador não se pronunciou sobre a declaração de Rui Costa cancelando o Carnaval de 2022. No entanto, horas após a primeira declaração à imprensa, o governador da Bahia citou nas redes sociais que o cancelamento da folia momesca valeria apenas em fevereiro, e não descartou a realização do evento ainda em 2022, como o prefeito Bruno Reis já cogitou na imprensa.

Pela manhã, durante entrega da emergência adulta do Hospital Roberto Santos, Rui foi perguntado sobre a realização do Carnaval e disse: "Se no início de dezembro, estava difícil, agora ficou impossível. Só um completo irresponsável autorizaria Carnaval nessas condições. Não só temos morte por coronavírus, mas pelo outro vírus da gripe. Nós não teremos Carnaval nesse modelo que conhecemos", disse.

Mais tarde, às 16h, no Twitter, Rui disse que "a decisão está tomada: não haverá Carnaval na Bahia em fevereiro de 2022", citando o tempo e deixando a possibilidade de ocorrer fora deste mês e ainda este ano.

O silêncio da prefeitura sobre a decisão do governador também chamou atenção. Bruno Reis alegava que, antes de tomar uma decisão, teria que ter um encontro com o governador para que fosse uma decisão conjunta.

A impossibilidade foi agravada na semana passada pela situação dos estragos das chuvas causados no Extremo Sul e Sul da Bahia, cuja atenção de Rui estava voltada para resolver a situação de emergência nas duas regiões baianas.

O Carnaval é organizado pela prefeitura, mas depende do governo estadual para a realização, que disponibiliza efetivos das polícias, Corpo de Bombeiros e outros servidores, além do apoio financeiro.